quinta-feira, 4 de junho de 2015

31 anos de arraiá no Calamengau

O tradicional Espaço Cultural promove, em junho, três forrós juninos (13,20 e 27) para comemorar o mês de festas populares e o aniversário de 31 anos do Calamengau


O Espaço Cultural Calamengau promete agitar as noites curitibanas neste mês junino. Ao todo, serão três apresentações em comemoração aos Santos Antônio, João e Pedro, nos dias 13, 20 (aniversário do Calamengau!) e 27 de junho, respectivamente. Todas as noites serão celebradas com a participação da Banda Calamengau e de convidados especiais, tocando o melhor do forró pé de serra, além da animada quadrilha, comidas típicas e muita diversão. 
O início de todos os eventos está marcado para às 22h, no Espaço Cultural Calemengau, na Rua Roberto Barrozo, 1190 e o público é convidado a comparecer devidamente caracterizado. Os ingressos, a R$ 20,00, podem ser adquiridos na Casa das Bolachas, no Cana Benta e no Canto do Caita. Para participar das três noites haverá condição de passaporte especial por R$ 40,00. Mais informações e reservas podem ser feitas pelos telefones (41) 3078 7766 ou (41) 9904 5129. A venda de ingressos na hora dos eventos está sujeita à lotação da casa.


Tradição
Festas Juninas – no mês de junho o Brasil todo faz questão de celebrar os santos populares, Antônio (13/6), João (24/6) e Pedro (29/06), com as famosas festas juninas. A tradição é muito antiga, vem desde o período colonial, mas, aos poucos, com a contribuição de diversos países como França, Portugal e Espanha, entre outros, se criou a personalidade brasileira, tal qual como conhecemos atualmente. Neste período, principalmente no Nordeste, onde a festa junina se destaca como a festa mais popular, geralmente, há rituais de agradecimentos aos santos pelo período de safra, em especial do milho, mais comum naquela região. Por isso, as comidas produzidas com esse ingrediente se tornaram típicas, como bolo de milho, cural, pamonha e pipoca, entre outros. Pela grandiosidade das celebrações na região do Nordeste, as festas mais realizadas tem base nas raízes nordestinas, mas em alguns estados, como no Rio Grande do Sul, com forte tradição, a celebração junina tem influências locais, principalmente dos CTG`s (Centro de Tradições Gaúchas).

Serviço:
Forrós Juninos Calamengau
Quando? Nos dias 13 (Santo Antônio), 20 (São João e aniversário do Calamengau) e 27 (São Pedro);
Que horas? A partir das 22h;
Quais são as atrações? No dia 13/6 – Banda Calamengau e Fabinho Zabumbão e trio; no dia 20/6 (aniversário do Calamengau) – Banda Calamengau e Trio Caruá e no dia 27/6 – Banda Calamengau e Trio Cantareira, além de quadrilha e comida típica;
Quanto custa? O ingresso individual, R$ 20,00 e o passaporte para as três festas R$ 40,00;
Onde fica? Na Rua Roberto Barrozo, 1190 – Alto São Francisco – Curitiba | PR;
Informações: (41) 3078 7766 ou (41) 9904 5129.
Pontos de venda: Casa das Bolachas (Rua Amintas de Barros, 270 – Centro – Curitiba | PR), Canto do Caita (Rua São Francisco, 50, Centro – Curitiba | PR) e Cana Benta (Rua Itupava, 1431, Alto da Glória – Curitiba | PR). A venda de ingressos no local está sujeita à lotação da casa.

SOBRE O ESPAÇO CULTURAL CALAMENGAU
Idealizado por Maérlio Barbosa, o Ceará, o Calamengau nasceu da saudade das raízes nordestinas, e m 1984. Aos poucos Ceará e o Calamengau foram se tornando a maior referência do forró no Sul do Brasil. A partir de 1998 o forró Calamengau passou a se apresentar na Sociedade Vasco da Gama e, dois anos mais tarde, o forró se tornou um espaço cultural, abrindo as portas para as mais diversas expressões culturais. Durante os 10 anos ininterruptos em que esteve no Vasquinho, o Calamengau recebeu grandes nomes da música, como Dominguinhos, Elza Soares, Geraldo Azevedo, Monobloco e Cordel do Fogo Encantado, entre outros, além de impulsionar muitos projetos curitibanos como o Clube dos Compositores e o maracatu. Após sete anos de projetos ambulantes, o Calamengau voltou à Sociedade Vasco da Gama, e a ser um espaço cultural, em fevereiro de 2015. O Espaço Cultural Calamengau está situado à Rua Roberto Barrozo, 1190, no Alto São Franscisco, em Curitiba. Mais informações (41) 3078 7766 ou (41) 9904 5129.

Um comentário:

  1. Oi Fabiana! Voce ja foi nessa festa? É legal??? Podem ir crianças? Tem barraquinhas com comidas?

    ResponderExcluir

Muito grata por sua mensagem!